Plano Integrado de Aquisição de Equipamentos de Tecnologia Avançada CHS - Fase III

 

Designação da operação | Plano integrado de aquisição de equipamentos de tecnologia avançada CHS – Fase III

 Operação n.º LISBOA-06-4842-FEDER-000047

 Região de intervenção | Região de Lisboa (NUTSII), Península de Setúbal (NUTSIII)

 Entidade beneficiária | Centro Hospitalar de Setúbal, E.P.E.

 Objetivo Principal | Reforçar a rede de infraestruturas sociais e de saúde

Data da aprovação | 26-03-2019

Data de início | 31-01-2019

Data de conclusão | 31-10-2019

Custo total elegível | 584.250,00€

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 292.125,00€

Apoio financeiro público nacional | 292.125,00€

 

Descrição e objetivos

 Com a implementação desta operação, o Centro Hospitalar de Setúbal, E.P.E. (CHS) pretende dar continuidade à realização de investimentos prioritários através da aquisição de equipamentos de tecnologia avançada essenciais ao funcionamento do CHS, nomeadamente nas áreas da Imagiologia e Oncologia e que permitam a modernização tecnológica de diagnóstico e terapêutica altamente especializada.

  • Modernização Tecnológica dos Serviços com impacto no diagnóstico e tratamento do doente Oncológico – Reforçar a introdução de novas tecnologias nos processos de diagnóstico e tratamento do doente Oncológica, nas seguintes áreas: Otorrinolaringologia, Gastroenterologia, Estomatologia, Dermatologia, Urologia e Medicina Física e Reabilitação, que contribuam para uma maior rapidez e qualidade diagnóstica, garantindo a eficácia e qualidade dos tratamentos realizados aos doentes Oncológicos.

Dados sobre a execução da operação

 

Designação da operação | Plano integrado de aquisição de equipamentos de tecnologia avançada CHS – Fase III

 Operação n.º LISBOA-06-4842-FEDER-000047

 Região de intervenção | Região de Lisboa (NUTSII), Península de Setúbal (NUTSIII)

 Entidade beneficiária | Centro Hospitalar de Setúbal, E.P.E.

 Objetivo Principal | Reforçar a rede de infraestruturas sociais e de saúde

Data da aprovação | 26-03-2019

Data de início | 31-01-2019

Data de conclusão | 31-10-2019

Custo total elegível | 584.250,00€

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 292.125,00€

Apoio financeiro público nacional | 292.125,00€

 

Descrição e objetivos

 Com a implementação desta operação, o Centro Hospitalar de Setúbal, E.P.E. (CHS) pretende dar continuidade à realização de investimentos prioritários através da aquisição de equipamentos de tecnologia avançada essenciais ao funcionamento do CHS, nomeadamente nas áreas da Imagiologia e Oncologia e que permitam a modernização tecnológica de diagnóstico e terapêutica altamente especializada.

  • Modernização Tecnológica dos Serviços com impacto no diagnóstico e tratamento do doente Oncológico – Reforçar a introdução de novas tecnologias nos processos de diagnóstico e tratamento do doente Oncológica, nas seguintes áreas: Otorrinolaringologia, Gastroenterologia, Estomatologia, Dermatologia, Urologia e Medicina Física e Reabilitação, que contribuam para uma maior rapidez e qualidade diagnóstica, garantindo a eficácia e qualidade dos tratamentos realizados aos doentes Oncológicos.

Dados sobre a execução da operação

Nota de Imprensa

Operação n.º LISBOA-06-4842-FEDER-000047

 

Designação – Plano Integrado de Aquisição de Equipamentos de Tecnologia Avançada CHS – Fase III

 

Descrição e objetivos

 

O presente projeto visa dar continuidade ao Plano de Investimentos apoiado pelas candidaturas aprovadas em 2017 e 2018 pelo POR LISBOA 2020, que obtiveram uma taxa de execução financeira de 98,15% e 100%, respetivamente.

 

Desta forma, o Centro Hospitalar de Setúbal, E.P.E. (CHS) pretende dar continuidade à realização de investimentos prioritários através da aquisição de equipamentos de tecnologia avançada essenciais ao funcionamento do CHS, nomeadamente nas áreas da Imagiologia e Oncologia e que permitam a modernização tecnológica de diagnóstico e terapêutica altamente especializada.

 

  • Modernização Tecnológica dos Serviços com impacto no diagnóstico e tratamento do doente Oncológico – Reforçar a introdução de novas tecnologias nos processos de diagnóstico e tratamento do doente Oncológica, nas seguintes áreas: Otorrinolaringologia, Gastroenterologia, Estomatologia, Dermatologia, Urologia e Medicina Física e Reabilitação, que contribuam para uma maior rapidez e qualidade diagnóstica, garantindo a eficácia e qualidade dos tratamentos realizados aos doentes Oncológicos.

 

Investimento e Financiamento

O CHS, ao abrigo da candidatura ao Programa Operacional Regional de Lisboa 2014-2020, realizará um investimento total de 584.250,00€, sendo cofinanciado a 50% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), no valor de 292.125,00€.

Cofinanciado por: