Lisboa 2020 - Plano Integrado de Aquisição de Equipamentos de Tecnologia Avançada CHS

JN Hospital de São Bernardo adquire novos equipamentos para melhorar serviços

Portal da Saúde investimento CHS 1.2 milhões

Setubalense Hospital adquire novos equipamentos para melhorar prestação de cuidados

SITE ARS LVT CHS investe através do Programa Lisboa 2020

Site CHS aquisição de vários equipamentos

 

Designação da operação | Plano integrado de aquisição de equipamentos de tecnologia avançada CHS

Operação n.ºLISBOA-06-4842-FEDER-000020

Região de intervenção | Região de Lisboa (NUTSII), Península de Setúbal (NUTSIII)

Entidade beneficiária | Centro Hospitalar de Setúbal, E.P.E.

 

Objetivo Principal | Assegurar a modernização dos equipamentos de tecnologia avançada do Centro Hospitalar de Setúbal, E.P.E.

Data da aprovação | 26-05-2017

Data de início | 17-09-2015

Data de conclusão | 30-11-2017

Custo total elegível | 1.240.314,78€

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 620.157,39€

Apoio financeiro público nacional | 620.157,39€

 

Descrição e objetivos

 

Esta operação visa a modernização tecnológica dos equipamentos de diagnóstico e terapêutica

altamente especializada, predominantemente, nas áreas de Cardiologia, Bloco Operatório e Urgência.

De igual forma, destaca se o investimento a realizar na áreas dos Meios

Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT) com o intuito de melhorar a

acessibilidade, reduzir os tempos de espera, aumentar a eficiência dos serviços e apostar

sustentadamente na internalização de exames. Esta atualização será direcionada sobretudo

para as especialidades de Oftalmologia, Nefrologia e Gastroenterologia.

 

  • Modernização Tecnológica do Serviço de Cardiologia – Reforçar a introdução de

novas tecnologias nos processos de diagnóstico e tratamento, que contribuam para

uma maior rapidez e qualidade diagnóstica, garantindo a eficácia e qualidade dos

tratamentos realizados aos doentes. Esta modernização tecnológica permitirá ao

Serviço de Cardiologia assegurar o lugar de referência que tem tido na área da

investigação clínica desenvolvida no CHS. O serviço já realizou, até ao presente, 21

Ensaios Clínicos e 6 Estudos Observacionais com colaboração com o Gabinete de

Investigação e Desenvolvimento.

 

  • Requalificação e Modernização Tecnológica do Bloco Operatório  Assegurar o

normal funcionamento do Bloco Operatório, através da aquisição de equipamentos

tecnologicamente mais avançados e que possibilitem a melhoria dos circuitos e

dinâmicas internas ao Serviço, promovam a existência de ganhos de eficiência, um

aumento da capacidades de resposta, a diminuição dos riscos associados aos

procedimentos cirúrgicos. Parte significativa dos equipamentos a adquirir permitirá

a obtenção dos ganhos referidos quer a nível quer dos procedimentos anestésicos,

como cirúrgicos nas várias especialidades.

 

  • Requalificação e Modernização Tecnológica do Serviço de Urgência  Melhorar a

capacidade de resposta do Serviço de Urgência através da aquisição de

equipamento de tecnologia avançada de ultrassonografia e de ventilação,

permitindo: i) a melhoria da precisão diagnóstica e eficiência; ii) o aumento da

qualidade dos cuidados; iii) a garantia de qualidade e eficácia do tratamento; iv) a

redução dos custos; v) a redução da morbilidade dos doentes.

 

  • Modernização tecnológica da Consulta Externa e MCDT  Assegurar a melhoria da

acessibilidade dos utentes à Consulta Externa e para realização de MCDT,

diminuindo respetivos tempos de espera. Esta modernização tecnológica assentará

na aquisição de equipamentos tecnologicamente mais avançado e que possibilite

diminuição dos tempos de espera e aumenta a eficiência dos serviços, através da

internalização de exames realizados no exterior (setor privado). Esta modernização

será direcionada sobretudo para as especialidades de Oftalmologia, Nefrologia e

Gastroenterologia.

 

Equipamentos